Tag: Games

  • Procrastinação e como falho miseravelmente nos hacks mentais

    Lendo essa postagem recente de Federico Viticci, do Macstories, me lembrei de como não consigo fazer esses hacks mentais. No post ele fala que a demanda de trabalho que tem parece grande e intimidadora, mas que após concluída a recompensa será os jogos de videogame que o esperam, Starfield e a DLC de Pokémon. Já…

  • De volta à Florença renascentista

    No último domingo voltei a jogar Assassin’s Creed II. Eu havia comprado uma cópia digital do jogo pouco depois de pegar o meu Xbox One, em 2016. Antes de recomeçar o game da Ubisoft, procurei as estatísticas da primeira tentativa e vi que eu já tinha pouco mais de 7 horas de gameplay. Mesmo assim,…

  • Livros lidos em 2017

    Com um Xbox One e um Nintendo Switch em casa, em 2017 a leitura comeu poeira para os videogames. Mas, para manter a tradição por aqui, segue a relação de livros lidos ao longo do ano. Rita Lee: uma autobiografiaRita Lee Escrevi um pouco sobre a autobiografia de Rita Lee, aqui. Tudo que é ruim…

  • Pendências resolvidas

    Do ano passado para cá venho numa jornada quase arqueológica revisitando e jogando pela primeira vez alguns jogos das gerações de 8 e 16 bits que eu nunca havia terminado.Super Mario Bros (1985) do Nintendinho devidamente zerado. Continuo jogando os lançamentos do Xbox One e outros jogos mais modernos, mas a Nintendo conseguia (e ainda…

  • A vida é estranha

    Fazia tempo que eu não me envolvia com um jogo como aconteceu com “Life is Strange”. Point and click básico, sem gráficos aloprados, mas com storytelling monstruoso. História mais bem contada do que muitos filmes bons.